Brad Marley o Embaixador do Reggae, Fone (91)91471127 vivo

bm.mp3

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

“Melhor álbum de reggae” no Grammy Awards 2015: lista oficial sai nesta quinta (4)

As indicações para a 57º Edição do Grammy Awards será divulgada nesta quinta-feira, dia 4. A categoria “The Best Reggae Album” foi instituída em 1985 e teve o grupo Black Ururu como primeiro vencedor com o disco Anthem, produzido por Sly & Robbie.
Ao longo dos anos, a categoria tem sido dominada pela família Marley, Bunny Wailer (que recentemente esteve em turnê pelo Brasil), Jimmy Cliff e Burning Spear. Enquanto a lista não sai, é possível fazer algumas previsões a respeito de quem poderá concorrer à premiação de 2015:
Shaggy – Out of Many, One Music. Produzido por Sly Dunbar e Robbie Shakespeare, que conta com colaborações de Tarrus Riley, Tessanne Chin, Beres Hammond, Chronixx, Cocoa Tea, Damian Marley, Konshens e Peetah Morgan.
Ziggy Marley – Fly Rasta. Fly Rasta foi lançado em abril. Foi o álbum mais bem sucedido comercialmente nos Estados Unidos por um artista de reggae jamaicano este ano, com vendas de mais de 16.000 cópias até à data.
SOJA – Amid The Noise and Haste. A banda de reggae norte-americana é provável ganhar a sua primeira nomeação com o seu sexto álbum de estúdio; diga-se de passagem, está excelente. O álbum abriu no número um na parada da Billboard Reggae Album e número 20 na Billboard 200 Album Chart em agosto, com vendas na primeira semana de mais de 12.000 cópias. Até o momento, ele já vendeu mais de 22.000 cópias.
Maxi Priest – Easy to Love. Lançado em julho, é o primeiro álbum do Priest em quase sete anos. Foi inaugurado no número dois na Billboard Reggae Album, vendendo mais de 1.100 cópias em sua primeira semana. Easy to Love já vendeu mais de 5.000 cópias.
Eu poderia acrescentar, também, as bandas  e os cantores de reggae: Rebelution (Count Me In), Giant Panda Guerilla Dub Squad (Steady), Snoop Lion (Reincarnated), Iration (Automatic), Dangerously Roots (Journey From August Town) e Lee Perry (Back on the Controls).
Com exceção de Back on the Controls e Automatic, os álbuns citados foram lançados no programas Reggae Point e Reggae Vibe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário